Avançar para o conteúdo principal

Estar sentado mata



O que pensa que causa mais mortes na nossa sociedade? Ao invés do tabaco, poluição, criminalidade, suicídios e acidentes de trânsito …

É estar sentado!
Seja à frente do ecran do computador, da televisão, do prato, no carro ou no sofá, o seu corpo sofre ... e a sua expectativa de vida diminui. E o fenómeno está  a converter-se numa epidemia com o uso generalizado de computadores no trabalho.

A introdução de computadores nos escritórios, nas casas, locais públicos e até mesmo no transporte, tem aumentado a produtividade. Mas agora percebemos que esses benefícios estão em risco de ser cancelados ou superados pela catástrofe em grande escala da saúde pública, resultante da nossa nova forma de "trabalhar": sentado numa cadeira durante oito horas por dia, ou mesmo mais.
Doenças de coração, diabetes, obesidade e até mesmo cancro, os efeitos prejudiciais sobre a nossa saúde, que trazem o passar os dias sentado, estão superando as piores expectativas na saúde. 

A pior ameaça para o homem moderno

Apanhando frutos silvestres, trabalhando nos campos, caçando ou cuidando das tarefas domésticas ... no passado, a maior parte das nossas vidas passou-se de pé. Mas com a chegada da máquina de escrever, a televisão, e, finalmente, o computador, hoje, nós passamos mais tempo sentados do que em toda a história da humanidade: 9,3 horas por dia, ou seja, mais do que na nossa cama (7,22 horas diárias). E uma grande parte desse tempo em que estamos sentados, passa-mo-lo em frente da televisão: mais de quatro horas por dia, em média.
O nosso corpo não foi "projectado" para isto. E as suas dramáticas consequências começam-se a manifestar.

Risco de morte: +40%

Se passa mais do que seis horas por dia sentado, o seu risco de morrer nos próximos 15 anos é de 40%, mais do que alguém que fica menos de 3 horas por dia. E isso é verdade, mesmo que pratique algum desporto.
Na nossa sociedade, sem ser a dormir, uma pessoa passa, em média, 9,3 horas sentada, deitada ou meio deitada, quase 7 horas praticando uma actividade física de baixa intensidade, em pé ou caminhando, e pouco mais de meia hora praticando uma actividade física de alta intensidade (corrida, ou outro desporto).
A primeira consequência para a nossa saúde é, obviamente, a obesidade: entre 1980 e 2000, o tempo que dedicávamos ao desporto não mudou, continua a ser o mesmo, mas o tempo que passamos sentados aumentou 8%. Enquanto que a taxa de obesidade dobrou.

Isso é explicado pelo facto de que estar sentado não consume energia. Verifique o consumo de energia das seguintes actividades comparadas com estar sentado:

Consome mais 10% de calorias, se estiver em pé.
Consome mais 150% de calorias a caminhar.
Consome mais 220% de calorias a subir escadas

Mas os efeitos negativos na sua saúde, por estar sentado, não se manifestam só a longo prazo. O seu corpo começa a desconstruir-se, assim que o sente.

Como destrói estar sentado

Assim que se senta:

. A atividade elétrica nas pernas pára.

. Seu consumo de energia baixa para uma caloria por minuto.

.As enzimas que ajudam a decompor as moléculas de gordura diminuem 90%.

Depois de duas horas:

.O seu nível de colesterol HDL, o que muitos médicos chamam "bom" colesterol, diminuiu 20%.

Após 24 horas de inactividade total:

.A eficácia da insulina diminui em 24% e aumenta o risco de diabetes.

As pessoas que fazem trabalhos de escritório, ou qualquer outro tipo de trabalho, que implique estar sentado, o risco de sofrer de uma doença cardiovascular multiplica-se por dois.

Como sair da sua cadeira vivo

Para a maior parte de nós, estar a uma mesa  diante de um computador, 8 horas por dia é inevitável. E os 30 minutos de exercício diário recomendado, não compensa as oito horas sentado. Por isso, no trabalho deverá pôr em marcha pequenos gestos, como os seguintes:

  • Se tem um telefone fixo sem fio, ou quando fala ao telemóvel, aproveite para caminhar no escritório.
  • Utilize sempre as escadas em vez do elevador.
  • Se tem uma reunião com outra pessoa que não seja necessário tomar notas, por que não propor ao seu colega andarem enquanto falam? Além dos benefícios para a saúde, ao andar pode falar em pé lado a lado, em vez de frente a frente, o que facilita a comunicação. Criam-se laços de confiança, favorece a sinceridade, a reflexão e a clareza para expor o assunto, sendo o cérebro melhor oxigenado.
  • Se for comer fora do escritório, aproveite para dar um passeio. Se escolher um sítio mais longe, o passeio será maior e melhor.
  • Não se limite a esticar os braços, ou arrastar a cadeira para alcançar alguma coisa que está longe. Levante-se e ande!

Por muito concentrado que esteja o seu trabalho, obrigue-se a levantar-se a cada hora e meia.

Aprenda a fazer exercícios simples, que podem ser feitos na cadeira (de mobilidade, flexibilidade e respiração , que irão adicionar algum movimento ao seu dia de trabalho. Movimente uma bola anti-stress, para mover as mãos de vez em quando. Se vai para o trabalho de transportes públicos e faz um bom dia, saia uma paragem antes, e ande o resto a pé. Se vai de carro, estacione um pouco afastado de seu escritório.
Opte por aproximar-se da mesa do seu colega e fale com ele em pessoa, em vez de enviar e-mails. Considere organizar com os colegas, actividades desportivas comuns. Além de fazer exercício, servirá para fortalecer os laços entre os colegas e fazer uma equipa.


E acima de tudo... apague a televisão

As pessoas que passam três ou mais horas por dia assistindo à televisão, correm um risco de mais de 64% de morrer de um problema de coração. E atenção a esta notícia terrível: entre as pessoas que assistem TV três horas por dia ou mais, o nível de sobrepeso e obesidade é exactamente o mesmo, praticando desporto ou não.
Então já sabe: Saia do sofá. Cada hora adicional gasto assistindo televisão aumenta o risco de morte em 11%.


Texto original: Juan-M.Dupuis
Tradução e adaptação: Eugénia Gomes

Comentários

Mensagens populares deste blogue

5-HTP, alternativa natural contra a depressão

DESCRIÇÃO

5-HTP é o acrónimo de 5-hidroxitriptofano (ou 5-hidroxi-L-triptofano). Trata-se de um composto que se encontra fundamentalmente no cérebro. O 5-HTP forma-se a partir do triptofano, um aminoácido natural presente na dieta. O triptofano é um aminóacido essencial, o que significa que não pode ser fabricado pelo organismo e que deve obter-se a partir dos alimentos, especialmente das proteínas. No fígado e no cérebro, o 5-HTP transforma-se num neurotransmissor muito importante denominado serotonina. Os neurotransmissores são mensageiros químicos que transmitem sinais entre os neurónios no cérebro. 
A ingestão do 5-HTP aumenta a provisão corporal desta substância, o que dá lugar a níveis aumentados de serotonina no cérebro. A serotonina, também denominada 5-hidroxitriptamina ou 5-HT, desempenha um papel muito importante no controlo do comportamento e do humor. Influi em muitas actividades cerebrais normais e também actua como um grande regulador da actividade de outros neurotransm…

Os terríveis malefícios da Candida Albicans

Quando está infectada de Candida albicans, dizemos que tem "sapinho" ou mais precisamente "candidíase", a infecção fúngica mais comum. Candidíase é mais conhecida, para o público em geral, na forma de "sapinhos", essas manchas brancas na boca e lábios, coceira horrível. Os “sapinhos” afetam principalmente crianças e pessoas com sistema imunológico debilitado, (pessoas tratadas com antibióticos, quimioterapia ou com AIDS). O diagnóstico é óbvio, a maioria dos médicos não se enganam
Mas, na realidade, as nossas sociedades industriais estão infectadas com Candida albicans, muito além de pessoas que sofrem de aftas: 90% dos americanos têm uma taxa mais elevada do que o normal de Candida albicans no intestino; 80 milhões de pessoas estão infectadas, e 70% são mulheres. 
Muita da população tem micoses nos dedos, sob as unhas e, muitas vezes: mais frequentemente colónias de Candida albicans.
Começa com pequenas espinhas vermelhas nos dedos. As unhas dos pés tor…

Falta de acidez no estômago - Hipoclorídria

Cãibras nas pernas durante a noite

Nunca lhe acontece acordar durante a noite com cãibras nas pernas, mesmo que não tenha feito qualquer esforço físico em particular? Você tem mais de 40 anos? Já experimentou tomar magnésio, cálcio, potássio - e, talvez, a vitamina E - e as suas cãibras aliviam um pouco, sem no entanto desaparecerem?
Se este for o seu caso, pode estar a sofrer de hopocloridria, um problema de saúde relacionado com a falta de ácido no estômago. O ácido no seu estômago é bom para si!
As paredes do estômago segregam pelo menos três litros de ácido por dia. Isto é feito através das células que revestem a parede do estômago, e são capazes de "bombear protões", isto para dizer, que para bombear iões hidrogenados do sangue, e de os trazer para o estômago. O ácido gástrico é, portanto, um concentrado de íoes hidrogenados (isto não é um curso de química, convido os leitores interessados a aprender mais sobre este fenómeno interessante, na página do Wikipedia correspo…