Avançar para o conteúdo principal

Mitos sobre frutos e legumes



Uma alimentação saudável deve ser rica em fruta e legumes, no entanto existem alguns desequilíbrios e mitos que vamos aqui mencionar neste texto.

Na realidade, são os legumes que devemos comer em maior quantidade. Os frutos são bem menos úteis, e pode mesmo ser prejudicial se comer demais.  

O abuso destes frutos e legumes pode ser perigoso para a saúde. Na categoria dos frutos, aqueles de que deve tomar cuidado, são os frutos ricos em frutose, um açúcar que é mal metabolizado pelo organismo, que provoca picos de glicemia (açúcar no sangue) e acumulação de gorduras nocivas nas suas células.

O ananás, e sobretudo as laranjas, bananas e uvas. Pode comer de vez em quando, mas tenha cuidado e como poucas porções, sobretudo se estiverem muito maduros.

No que diz respeito aos legumes, deve limitar o seu consumo de todos os carbo-hidratos: batatas, arroz, leguminosas (ervilhas, favas, feijão e lentilhas), cereais. Todos contêm grande quantidade de amido, que não são mais que uma cadeia de moléculas de glicose, que o seu sistema digestivo é rápido a separar (no contacto com a saliva, o amido transforma-se em glicose).  

Bons legumes e bons frutos

Em contrapartida, todos os frutos vermelhos e pretos, as groselhas, passando pelos morangos, as framboesas, os mirtilos, e as amoras, contêm pouca frutose, e devem de ser consumidos regularmente.

Eles previnem muitas doenças, porque estão carregados de anti oxidantes, compostos que protegem, as suas células e o seu ADN, da agressão dos radicais livres.

Nos legumes, são os coloridos que devem de ser privilegiados. Eles contêm sempre glicose, de uma forma ou doutra (amido ou sacarose), mas a sua maior quantidade é em anti oxidantes e fibras, que fazem com que estes alimentos tenham um efeito positivo na sua saúde. 

Todos os “legumes” que são tecnicamente frutos, como os tomates, as curgetes, pimentos e beringelas, são bons para a saúde. Se lhes chamamos “legumes” é justamente porque eles contêm pouco ou nada de frutose.

Sumos de laranja: o falso alimento saudável

Os sumos de fruta, em particular o sumo de laranja e o sumo de uvas, são bombas de açúcar que fazem explodir o seu açúcar no sangue, quando os absorve. 
Beber sumo de laranja ao pequeno-almoço tornou-se hábito corrente. A moda veio dos Estados Unidos. Hoje, suspeitamos que este forte consumo de sumo de laranja contribui para numerosas epidemias, como a epidemia da obesidade, de diabetes, de doenças cardiovasculares, e mesmo do cancro da pele (melanoma maligno, 50% mortal nos últimos 10 anos).

De acordo com um estudo muito sério, dos cientistas em dermatologia da Universidade de Memphis, nos Estados Unidos, o sumo de laranja é rico em “fucoumarines” e psoralenos, que são substâncias altamente cancerígenas para a pele na presença do sol. Após vinte anos, os cremes solares à base de bergamota foram proibidos, porque a bergamota é rica em psoralenos. 

A maioria dos menus de pequeno-almoço, oferecidos nos bares e hotéis têm um sumo de laranja. Nas caixas de Kellogg’s, o pequeno-almoço ideal para crianças, apresentam uma porção de cereais e sumo de laranja.

Mas já prestou atenção à sua reacção, quando acaba o seu pequeno-almoço, com um sumo de fruta?

Longe de satisfazê-lo ou de dar-lhe energia, sente náuseas, por vezes com refluxo ácido no esófago. Se tiver comido pouco antes de seu sumo de laranja, croissant de chocolate e café com leite, em seguida, o seu estômago produzirá todos os tipos de bolhas de gás, e as referências, e todos os sinais, excepto o sinal de uma dieta que é boa para o seu corpo.

Se, depois de meia hora, se sentir cansado, é normal: o seu nível de açúcar no sangue está a subir rapidamente, e o seu pâncreas corre a toda a velocidade para segregar insulina, uma hormona que converte o açúcar em gordura, que será armazenada no seu fígado e células.

O mito da vitamina C

O governo fez uma campanha publicitária para convencer as pessoas, de que o sumo de laranja é bom para a saúde, pois é rico em vitamina C.
Mas um copo de 200ml de sumo de laranja contém apenas 60mg de vitamina C.
O que representa apenas um décimo da dose diária necessária. Os especialistas mundiais da vitamina C do Instituto Pauling (Universidade do Oregon), recomendam a toma de pelo menos 400 a 600mg de vitamina C, a qual só pode ser obtida, se consumir alimentos verdadeiramente ricos em vitamina C:
Pimento vermelho cru contém 180mg de vitamina C por cada 100gr. O rábano negro contém 150mg de vitamina C por cada 100g. A groselha e a salsa contêm 200mg de vitamina C por cada 100g. Existem por aí os “super alimentos”, bagas normalmente exóticas que contêm, concentrações mais elevadas: as bagas de goji fresco (2500mg/100g). A acerola (1000 a 2000mg/100g), camu-camu que é uma baga da Amazónia (2000 a 3000mg/100g).
Então, se quer melhorar a sua saúde e a das pessoas quem gosta, pare de comprar sumo de laranja, limitar a ingestão de frutas doces, alimentos ricos em amido, e comer mais frutas e verduras, e tubérculos, frutas coloridas.
E lembre-se que beber sumo de laranja todos os dias, não faz tão bem como comer uma laranja, que contém mais fibra que irá diminuir a taxa de absorção de frutose pelo seu organismo.

Suplementos que sugerimos para ter a sua dose diária de Vitamina C, para bons manter bons níveis de colesterol e de glicémia:
Mais informações, aqui

À vossa saúde,

Texto original: Jean-Marc Dupuis
Tradução e adaptação: Eugénia Gomes


Comentários

Mensagens populares deste blogue

5-HTP, alternativa natural contra a depressão

DESCRIÇÃO

5-HTP é o acrónimo de 5-hidroxitriptofano (ou 5-hidroxi-L-triptofano). Trata-se de um composto que se encontra fundamentalmente no cérebro. O 5-HTP forma-se a partir do triptofano, um aminoácido natural presente na dieta. O triptofano é um aminóacido essencial, o que significa que não pode ser fabricado pelo organismo e que deve obter-se a partir dos alimentos, especialmente das proteínas. No fígado e no cérebro, o 5-HTP transforma-se num neurotransmissor muito importante denominado serotonina. Os neurotransmissores são mensageiros químicos que transmitem sinais entre os neurónios no cérebro. 
A ingestão do 5-HTP aumenta a provisão corporal desta substância, o que dá lugar a níveis aumentados de serotonina no cérebro. A serotonina, também denominada 5-hidroxitriptamina ou 5-HT, desempenha um papel muito importante no controlo do comportamento e do humor. Influi em muitas actividades cerebrais normais e também actua como um grande regulador da actividade de outros neurotransm…

Melatonina: Um sonífero natural

A União Europeia finalmente autorizou um produto natural que ajuda a dormir melhor: A Melatonina
Se me pede a minha opinião, as pessoas que interditaram esta substância natural durante tantos anos, sem qualquer argumento científico, considerando que os distúrbios do sono afectam 25 a 40% da população, cometeram um crime grave contra os seus concidadãos.
Mas sejamos positivos, e voltemos aos benefícios que se podem ter ao tomar a melatonina:
Um meio eficaz contra a insónia
Assim que a luz do dia enfraquece, a sua glândula pineal, que está localizado no seu cérebro começa a secretar melatonina. Esta substância, que é uma hormona natural, prepara o corpo para dormir e descansar.
Com efeito, a glândula pineal está directamente ligado ao nervo óptico: ela está em sintonia com a luz. É por isso que a melatonina é conhecida como a hormona que regula o relógio biológico, também conhecido como ritmo vigília-sono ou o ritmo circadiano. É por isso que as pessoas cegas, muitas vezes têm problemas …

Os terríveis malefícios da Candida Albicans

Quando está infectada de Candida albicans, dizemos que tem "sapinho" ou mais precisamente "candidíase", a infecção fúngica mais comum. Candidíase é mais conhecida, para o público em geral, na forma de "sapinhos", essas manchas brancas na boca e lábios, coceira horrível. Os “sapinhos” afetam principalmente crianças e pessoas com sistema imunológico debilitado, (pessoas tratadas com antibióticos, quimioterapia ou com AIDS). O diagnóstico é óbvio, a maioria dos médicos não se enganam
Mas, na realidade, as nossas sociedades industriais estão infectadas com Candida albicans, muito além de pessoas que sofrem de aftas: 90% dos americanos têm uma taxa mais elevada do que o normal de Candida albicans no intestino; 80 milhões de pessoas estão infectadas, e 70% são mulheres. 
Muita da população tem micoses nos dedos, sob as unhas e, muitas vezes: mais frequentemente colónias de Candida albicans.
Começa com pequenas espinhas vermelhas nos dedos. As unhas dos pés tor…