Avançar para o conteúdo principal

Vitamina D - A superstar das Vitaminas


O que é que a obesidade, as doenças cardiovasculares, a diabetes e a fibromialgia, têm em comum?

Resposta: A deficiência de vitamina D, segundo o Dr. Michael F. Holick, autor de " Vitamina D, a solução" referindo-se a este assunto, a nível mundial.
Recentemente a investigação científica sobre a Vitamina D, tem aumentado bastante. E actualmente no mundo inteiro, os profissionais de saúde percebem o quão as suas boas advertências contra a exposição ao sol e contra os "perigos" da vitamina D, eram imprecisas, enganosas, e contribuíram para prejudicar a saúde de milhões pessoas.

Menor mortalidade por todas as causas combinadas

"Aumentando a ingestão de vitamina D pode tratar, prevenir e até curar um número notável de problemas de saúde diariamente, hipertensão e dor nas costas. Podendo aliviar os sintomas de doenças crónicas, como diabetes tipo II e osteoartrite, como também, prevenir doenças infecciosas e várias formas de cancro. " Refere o Dr. Holick.
O actual interesse na vitamina D é cada vez mais forte, porque é a vitamina cuja deficiência actualmente se tornou mais comum, como por exemplo em França. Sendo a informação mais edificante, que uma taxa mais elevada de vitamina D, reduz a taxa de mortalidade por todas as causas combinadas, de acordo com uma meta-análise de 18 ensaios clínicos ao acaso.
Um estudo recente mostrou que o número de mortes no Canadá poderia ser reduzido em 37 000 por ano, ou 16% das mortes no país, se a população tivesse níveis de vitamina D mais elevados.
Já vimos que muitos estudos científicos recentes, demonstram interesse vital para que tenhamos um nível de vitamina D suficiente.

A vitamina D reduz o risco:

  • De vários tipos de cancro.
  • Hipertensão e doença arterial.
  • Diabetes.
  • Osteoporose.
  • Artroses
Estes efeitos benéficos não são surpreendentes quando se sabe, oque é realmente a vitamina D.
Não é unicamente uma simples vitamina, mas apenas o substrato conhecido com uma hormona Secoesteróides que tem um efeito poderoso na regulação de genes múltiplos do nosso organismo.
A Vitamina D influencia mais de 3000 genes no corpo (cerca de 30.000), incluindo, por exemplo, os genes que controlam a luta contra infecções, e a produzir mais de 200 peptídeos antimicrobianos. 75% da população urbana é deficiente em vitamina D durante o período de inverno.
O problema é que os termos "diet" e "estilo de vida saudável" significam tudo e nada Vamos apresentar aqui de forma clara e precisa o que pode fazer para garantir uma suficiência de vitamina D.

O Sol, uma fonte essencial de vitamina D

A vitamina D é sintetizada na pele sob a influência da luz solar, especificamente pelos raios UVB. É por isso que as pessoas que vivem em áreas menos ensolaradas (norte) e especialmente aqueles que passam a maior parte do tempo em ambientes fechados, são particularmente ameaçados pela falta de vitamina D.
Segundo o Dr. Joseph Mercola, "é absolutamente trágico que dermatologistas e fabricantes de filtros solares conseguiram aterrorizar a população para os efeitos do sol, que é a sua melhor fonte de vitamina D. Um simples banho de sol de 20 minutos é realmente o suficiente para obter 10 000 UI (unidades internacionais) de vitamina D, ou cinquenta vezes o mínimo de dose diária, sem qualquer risco de overdose. Se estiver exposto ao sol de 10 a 15 minutos por dia, com 40% da sua pele exposta, pode garantir a dose diária adequada de vitamina D.
Outro factor importante é a produção de vitamina D na nossa pele, sob a influência do sol diminui com a idade. Os idosos são particularmente susceptíveis de serem deficientes em vitamina D. Um estudo encomendado pelo Gabinete de Informação dos suplementos nutricionais nos Estados Unidos (Bureau de Informação Dietary Supplement) constatou que a utilização adequada de cálcio e vitamina D poderia prevenir 776 mil internamentos por fractura da anca, ao longo de cinco anos.

Compensar com alimentação

Quando não tem a possibilidade de expor-se à luz solar, pode tentar compensar com uma boa alimentação. Dizemos "compensar", porque, em geral, devemos estar conscientes de que, mesmo alimentando-nos de modo "equilibrado", torna-se muito difícil hoje em dia cobrir todas as nossas necessidades de vitaminas e minerais.
Por duas razões: Em primeiro lugar, esgotamento do solo. Estatísticas publicadas na "Cimeira da Terra" das Nações Unidas em 1992 indicam que a percentagem média de esgotamento do solo de minerais atingiu 85% na América do Norte, e 72% na Europa (com base nas mudanças da composição do solo em 1936). Por outro lado, mesmo as verduras que comemos são os mesmos que nos dias de nossas avós, a quantidade de calorias e proteínas consumidas diariamente não é suficiente para cobrir os nossos consumos necessários. A única fonte real de vitamina D na dieta é peixe gordo, com três a quatro porções por semana.

As nossas sugestões dos suplementos com Vitamina D:

SUPLEMENTOS DE VITAMINA D3

À vossa Saúde!
Texto original: Jean-Marc Dupuis - Tradução e adaptação: Maria Gomes



Comentários

Mensagens populares deste blogue

5-HTP, alternativa natural contra a depressão

DESCRIÇÃO

5-HTP é o acrónimo de 5-hidroxitriptofano (ou 5-hidroxi-L-triptofano). Trata-se de um composto que se encontra fundamentalmente no cérebro. O 5-HTP forma-se a partir do triptofano, um aminoácido natural presente na dieta. O triptofano é um aminóacido essencial, o que significa que não pode ser fabricado pelo organismo e que deve obter-se a partir dos alimentos, especialmente das proteínas. No fígado e no cérebro, o 5-HTP transforma-se num neurotransmissor muito importante denominado serotonina. Os neurotransmissores são mensageiros químicos que transmitem sinais entre os neurónios no cérebro. 
A ingestão do 5-HTP aumenta a provisão corporal desta substância, o que dá lugar a níveis aumentados de serotonina no cérebro. A serotonina, também denominada 5-hidroxitriptamina ou 5-HT, desempenha um papel muito importante no controlo do comportamento e do humor. Influi em muitas actividades cerebrais normais e também actua como um grande regulador da actividade de outros neurotransm…

Os terríveis malefícios da Candida Albicans

Quando está infectada de Candida albicans, dizemos que tem "sapinho" ou mais precisamente "candidíase", a infecção fúngica mais comum. Candidíase é mais conhecida, para o público em geral, na forma de "sapinhos", essas manchas brancas na boca e lábios, coceira horrível. Os “sapinhos” afetam principalmente crianças e pessoas com sistema imunológico debilitado, (pessoas tratadas com antibióticos, quimioterapia ou com AIDS). O diagnóstico é óbvio, a maioria dos médicos não se enganam
Mas, na realidade, as nossas sociedades industriais estão infectadas com Candida albicans, muito além de pessoas que sofrem de aftas: 90% dos americanos têm uma taxa mais elevada do que o normal de Candida albicans no intestino; 80 milhões de pessoas estão infectadas, e 70% são mulheres. 
Muita da população tem micoses nos dedos, sob as unhas e, muitas vezes: mais frequentemente colónias de Candida albicans.
Começa com pequenas espinhas vermelhas nos dedos. As unhas dos pés tor…

Falta de acidez no estômago - Hipoclorídria

Cãibras nas pernas durante a noite

Nunca lhe acontece acordar durante a noite com cãibras nas pernas, mesmo que não tenha feito qualquer esforço físico em particular? Você tem mais de 40 anos? Já experimentou tomar magnésio, cálcio, potássio - e, talvez, a vitamina E - e as suas cãibras aliviam um pouco, sem no entanto desaparecerem?
Se este for o seu caso, pode estar a sofrer de hopocloridria, um problema de saúde relacionado com a falta de ácido no estômago. O ácido no seu estômago é bom para si!
As paredes do estômago segregam pelo menos três litros de ácido por dia. Isto é feito através das células que revestem a parede do estômago, e são capazes de "bombear protões", isto para dizer, que para bombear iões hidrogenados do sangue, e de os trazer para o estômago. O ácido gástrico é, portanto, um concentrado de íoes hidrogenados (isto não é um curso de química, convido os leitores interessados a aprender mais sobre este fenómeno interessante, na página do Wikipedia correspo…